Centro de Saúde = Drama

Hoje vi com clareza, o que significa precisar dos Centros de Saúde neste país.
Às 6:30 da matina, a Coelha já se encontrava à porta do Centro para guardar a vez. Isto tudo, porque a minha médica de família já está de baixa, aproximadamente há três anos, e consequentemente tenho de me sujeitar a este tipo de coisas, para conseguir uma vaga de outro médico qualquer, para me passarem uma merda de uns exames.
Depois, é só ver o pessoal a exaltar-se, a querer passar à frente… E por norma?, quem toma este tipo de atitudes, são aqueles que nitidamente devem ser fieis ao Centro e que não devem fazer outra coisa, senão estar lá consecutivamente a queixarem-se da dor que sentem no dedo mindinho.
Agora, depois de estar à porta deste as 6:30 da manhã, e ter conseguido ser a quarta da fila, não há consultas de manhã! Nããããão! “Oh minha cambada de burros, agora esperem até às 16 horas, porque só a partir dessa altura é que se fazem inscrições. "


Um dia perdido por causa de uns exames minha gente. Agora eu pergunto-me, se tivesse algum problema urgente quanto tempo teria de esperar?
A minha rica mãezinha Coelha bem diz, que o dinheiro serve para estas coisas. Porque infelizmente neste país quem não tem possibilidades bem morre à espera de tratamento.

E é esta a realidade que temos… é triste, mas é esta!

Histeria da revolta

Coelha*

5 Não reclamas?:

catherine disse...
21 de setembro de 2010 às 10:38

Que tristeza este país... Fogo, mete dó!

Rita Moura disse...
21 de setembro de 2010 às 15:53

Eu concordo com a tua mãe, a saúde está primeiro e o dinheiro deve ter estas prioridades. Felizmente, sempre fui beneficiária de seguros por causa do empregos dos meus pais e nunca tive de ir a uma instituição pública. Mas agora que acabei o curso fiquei sem eles e a primeira coisa que fiz foi fazer um seguro de saúde, dá muito jeito e não se paga assim tanto por mês.. ; ) ***

Só Avulso disse...
21 de setembro de 2010 às 18:13

É tão frustrante! Olha pode ser que da próxima tenhas mais sorte. ;)

beijinhos***

Martini Bianco disse...
21 de setembro de 2010 às 18:57

vá lá que ainda tens médica de família... (acho piada ao termo, pois nunca conheci o meu/minha)

guida disse...
21 de setembro de 2010 às 20:31

Como disseste tudo....... É revoltante! Bem sei o que esses centros de saúde andam a fazer!

Back to Home Back to Top