Quando sofremos de amor recorremos à poesia.
Quando o amor nos deixa num estado de graça, cantamos.
Quando estamos melancólicos recorremos à poesia.
Quando a felicidade se torna adjectivo, cantamos.

O nosso fado é a poesia, a poesia é o nosso fado e quem não recorre a ela, em busca de uma palavra que poderia ter sido dita por nós?

Coelha*

5 Não reclamas?:

Só Avulso disse...
10 de abril de 2011 às 21:04

Nem mais! ;)

bjs***

Di disse...
11 de abril de 2011 às 03:15

A poesia e a música são o mais próximo que temos de tornar aquilo que sentimos mais real, mais palpável *

Phil disse...
11 de abril de 2011 às 16:22

Nem mais...Adorei :)

guida disse...
12 de abril de 2011 às 12:33

Faço minhas palavras as da Rosinha. Cantemos!

Back to Home Back to Top