Os homens são uma espécie engraçada.
No que diz respeito ao engatar, temos vários géneros…

A - Há aqueles que são doces demais, super meigos e tititi, que com tanto mel, quase que nos conseguimos enjoar deles, logo sem termos qualquer tipo de relacionamento com o dito;

B - Há aqueles que vão mandando umas bocas de engate, como quem não quer a coisa, numa de ver se cola, mas também não querendo demonstrar muito a parte fraca do seu ser;

C - Há aqueles que quando estão interessados, começam-nos a tratar mal, porque simplesmente não sabem como agir. Então enterram-se com toda a força, ao pensarem que a mulher gosta do homem que mais as enxota. Em certa parte é verdade, mas não exageremos! ;

D - Há aqueles que passam a vida, nos abracinhos e beijinhos e a dar as mãozinhas e tudo e tudo e tudo… O típico pega-monstros, que colam até mais não;

E – Há o tipo descarado, que diz logo o que quer, pondo tudo preto no branco. E que di-lo, em frente até do Papá se assim for necessário, sem qualquer tipo de constrangimento;

E por aí fora. Há vários tipos… E eu Coelha já apanhei alguns ou mesmo vários filmes de engates masculinos.
Mas há uma coisa que é comum a todos!, mesmo ele sendo do tipo A, B, C, etc. Não lidam bem com o não. E quando passam aquela primeira fase (após o não), que fingem ter lidado bem com a coisa, para não parecer muito mal… Começam a ser agressivos. Nas respostas, na forma como falam, tudo lhes parece provocação e por aí adiante.

Não há pachorra para um homem, com o seu orgulho de caçador de presas femininas, ferido. É que não há mesmo…
Ainda falam eles das mulheres… Pufff! Há por aí muito homem bem pior!

Histeria das psicologias

Coelha*

3 Não reclamas?:

Pedro Sousa disse...
18 de junho de 2010 às 01:32

Olá tudo fixe?
Se tivesses de escolher entre eles qual preferias ?
bjs

Luís Gonçalves Ferreira disse...
18 de junho de 2010 às 02:44

Vocês, mulheres, é que são umas esquisitas de primeira. Não são perfeitas e estão muito longe desse cume. :) (Vou ser morto por ti e por todas as outras mulheres deste espaço).

Apetece-me buscar a piada que diz: "Se o homens são todos iguais por que é que vocÊs escolhem tanto?"

Eu sou um bocadinho do A), bastante B), um nadinha de C) e quando evolui algum D) a complementar o A). De E) não tenho nada. E sim, também não lido bem com o "Não".

Somos mesmo todos iguais? Provavelmente. Mas vocês tb têm todas a mesma escola, não se esqueçam...

Beijo grande.
Já tinha saudades de vir a este espaço, querida Coelha.
Espero que esteja tudo bem.

marie disse...
21 de junho de 2010 às 12:23

Agora fizeste-me pensar. é bem verdade. Quando ouvem o não mudam logo! é como se qualquer atitude nossa os tivesse a atacar e eles estivessem constantemente em modo defensivo da cabra que se faz de dificil! Enfim... Seres estranhos... Mas também há gajas assim, é certo!
**

Back to Home Back to Top