O que me vale é que nem todos no mundo me conhecem.

Local:Super-mercado.
Companhia: A doida de uma amiga minha.

Chegamos à caixa para pagar e a conversa foi a seguinte:

Coelha: Oh porca, porquê que levas mais coisas que eu e vais pagar menos?
Pipi: Não te armes que já não pagas! Olha lá... Onde é que vamos comer hoje?
Coelha: Queres que te diga mesmo?

(Começamos a rir às gargalhadas como umas taradonas)

Pipi: Desculpe a risota menina, mas acabamos de fugir do manicómio.
Empregada: Não me acredito.
Coelha: Mas afinal é para ir comer onde?

(Mais gargalhadas)

Coelha: Boa noite menina, desculpe qualquer coisinha!

Começo a ficar preocupada com a minha reputação...

Coelha*

3 Não reclamas?:

ROSINHA disse...
20 de janeiro de 2011 às 15:13

A empregada já deve estar habituada...Vocês costumam ir lá!
beijo*

Sergio Martins disse...
21 de janeiro de 2011 às 01:22

Linda Coelha, gostei disso; aliás adoro pessoas que saem pelas ruas espalhando bom humor. O bacana é nunca premeditar onde se vai comer. rsrsrs Bjs!

Otário disse...
21 de janeiro de 2011 às 08:58

as paredes têm ouvidos, se a empregada comenta as tuas atitudes com os coscuvilheiros do bairro é um caso perdido ahah

Back to Home Back to Top