Sabem quando é que eu fico mesmo, mesmo, mesmo com vontade de me rir?
Quando tenho vontade e não posso… É que não consigo conter, é mais forte que eu!
Podem mandar vir quem quiserem…
Mandem vir o Sócrates, a tia das couves, o Sampaio, o Manuel Luís Goucha (ok, com este não ficava com vontade de me rir, mas sim de chorar de tão ridículo que é), ou até mesmo o Papa! Que se eu estiver com vontade de me rir, não me vou conseguir controlar… E quanto mais tento, mais me engasgo de tanto rir.
Hoje foi um dia em que isto me aconteceu várias vezes…


Histeria galhofeira


Coelha*

7 Não reclamas?:

O Meu Blog disse...
5 de janeiro de 2010 às 20:48

Mas isso é tao engraçado! Rir é o melhor dos remedios, para tudo. Mesmo que seja rir à parva sem se saber bem o porquê... Faz bem ao corpo e a alma. Se tiveres de te rir, RI... :D

Só Avulso disse...
5 de janeiro de 2010 às 21:22

Adoro rir e quando começo, esteja quem estiver, não consigo me conter!

bjs***

Filipa disse...
5 de janeiro de 2010 às 21:35

Isso acontece-me imensas vezes quando vou no autocarro, não me admirava nada que me achassem maluca ahah xD
Rir faz tão bem!

poveirinha disse...
5 de janeiro de 2010 às 21:39

que inveja! ... ri-te à vontade!!!

.... por acaso hoje tive um dia não no trabalho, de rir nao tenho vontade nenhuma!! :-(

Beijo e descansa bem!

Nevoeiro de Verão disse...
5 de janeiro de 2010 às 21:58

Rir e sem sombra de duvida a melhor terapia natural que temos...
Continua assim, nao mudes, nem tentes!
Beijo *

Luís Gonçalves Ferreira disse...
5 de janeiro de 2010 às 22:05

Esse ataques de (aparente) parvalheira são complicados de controlar, difíceis de gerir e dão-nos alguns embaraços. Eu cá rio com gagos e banalidades quotidianos. Já não me rio como antes. Aprendi a criar um sensor. Contudo, gargalho como um louco, por dentro, quando estou num sítio onde não o devo fazer para fora.

Beijoca!

RFSPblog disse...
11 de janeiro de 2010 às 22:50

Ahah!
AMO o blog!!!

Follow me,
http://rfspblog.blogspot.com/

Back to Home Back to Top