Inferno?
Segundo a minha interpretação, o maior Inferno que possamos ter, é a nossa consciência.
Eu vivo cercada pela consciência, pelo sufoco dos erros que cometi um dia…
Que vão-me atormentar sempre…
Ás vezes, o peso da consciência, não me deixa dormi em paz como já dormi na melhor fase da minha vida, onde acordava feliz e olhava para o dia e achava-o perfeito, mesmo este sendo o dia mais cinzento de todos… Porque tinha a luz comigo!
A luz…
A consciência deixa-me sem voz, sufocada, acorrentada pelo medo para sempre…
As minhas asas foram arrancadas por ti… Não vou voar nunca mais!
O meu sonho era um…
Hoje o meu sonho é o meu pior pesadelo… E eu pergunto quanto mais tempo vou ter de viver para pagar?
Só queria que o tempo voltasse… E a luz também… A única luz que me aquece o coração, e que me provoca um turbilhão de sensações na pele.
Por mais tempo que passe, para mim vai parecer sempre ontem… E não há nada nem ninguém que brilhe tanto…
Só queria sair para a rua e gritar! Chorar! Dizer ao mundo o quanto enclausurada me sinto na minha própria culpa!


And my reflection troubles me, so here I go.

Ausencia de histerias...

Coelha*

8 Não reclamas?:

Neisseria Gonorrhoeae disse...
15 de novembro de 2009 às 22:10

Como eu compreendo estas palavras. É tudo muito verdade.

jinhos

Anónimo disse...
15 de novembro de 2009 às 22:41

Nao continues a massacrar-te por algo que nao volta. Todos nos erramos uma vez e a vida nao acaba por ter-mos cometido um erro. Nao te esqueças que existe alguem que gosta de ti verdadeiramente e que pensa em ti todos os dias e que sente a tua falta. :s

poveirinha disse...
15 de novembro de 2009 às 22:48

tás a precisar de arrumar um capitulo, fechar o livro, para conseguires abrir um outro, novo, que terá historias muito mais interessantes, pois serão actuais!

;)

força amiga!

PIPI disse...
15 de novembro de 2009 às 23:34

amiga coelha, em relação a este tema já falamos muitas vezes, mas o que te quero dizer , digo pessoalmente, mas aqui digo ..não vale a pena chorar pelo leite derramado. Eu tb e errei e muito da minha vida sabes tu..e estou aqui e quero seguir para a frente a vida é repleta de altos e baixos, mas temos que ter força e seguir em frente ..bjs amiga

Neisseria Gonorrhoeae disse...
16 de novembro de 2009 às 01:40

Hum... eu estava a falar no geral!!! Mas já vi que isto tem um assunto subjacente muito concreto, o qual desconheço. No entanto mantenho a minha opinião, acho que são palavras que encaixam em todos nós pelo menos em algumas fases da vida.

Beijoca

Sweet_Dreams disse...
16 de novembro de 2009 às 19:41

Ás vezes, por mais que nos custe temos que aceitar as coisas como elas são, e admitir quando existe culpa. O tempo não volta, mas acredito que amenize a dor que sentimos. Ou então habituamo-nos tanto a ela que já nem damos por isso :S
Seja o que for que se passa contigo, segue em frente sempre com a cabeça erguida. Todos erramos e é isso que nos faz crescer ;)
Beijinho e anima-te :)

Nevoeiro de Verão disse...
17 de novembro de 2009 às 20:09

Coelha,

lembra-te de uma coisa... num afastamento, pode existir mais culpa de uma pessoa do que outra, mas o certo é que não deixes que esse sentimento se prenda só a ti!

De certo, que se o destino tiver traçado para isso acontecer, acontece... Não procures, ele vem até ti, aproveita cada momento da vida, saboreia cada segundo doce e amargo do momento, aprende com a bom e o mau...

O que era da nossa vida sem os nossos esqueletos no armário?? Deixa-os estar sossegados, a vida segue e como dizia um anúncio... Vive o momento... em que agora foi aterado para Power to you ;)

One life, live it...

Beijokitas daquelas assim muitaaaaaaaa grandes ;) *****

Back to Home Back to Top